admin On dezembro - 14 - 2012

 
 
    Vídeo vigilância é agora uma parte indispensável da vida cotidiana de usuários que precisam proteger suas propriedades e um negócio atraente para os instaladores para integrar essa solução em sua oferta de soluções.
 
 

 

Embora a escolha e instalação de uma câmera pode parecer uma tarefa simples, um fator importante a considerar é a conexão das câmeras na rede para acessá-las remotamente.
Neste ponto, é importante considerar o ambiente a ser monitorado. Se é um ambiente fechado, as câmeras podem ser ligadas à rede por cabo ou utilizar uma rede sem fios.
Mas em alguns projetos de vídeo vigilância em exteriores com longas distâncias para cobrir a única alternativa é instalar um sistema de câmera conectadas sem fio.
Conseguir um bom desempenho, detectar a largura de banda adequada e ter análise topográfica das áreas a serem observadas são alguns aspectos a considerar neste tipo de projeto.
Além disso, ao instalar uma rede sem fio da câmera devem ser calculadas as distâncias a percorrer sem fios, bem como conexão de câmeras IP para um CPE outdoor ou AP.
O primeiro passo é detectar a largura de banda que é necessária para cada um dos links. A largura de banda sem fio depende da distância e padrão wireless a ser utilizado.
Em geral, a frequência de 5 GHz é que tem uma menor interferência e proporciona uma maior estabilidade na largura de banda para aplicações críticas, tais como a transmissão de vídeo.
Para isso deve levar em conta a taxa de transferência real (throughput) que pode ser conseguida em uma conexão de acordo com a distância e modo de operação. A partir desta medida, vai determinar quantas câmeras serão colocadas em cada ligação.
Ao estabelecer uma ligação é sempre importante o cálculo do throughput real necessário. Aqui é recomendado ter um pouco mais de largura de banda, já que em condições meteorológicas adversas o rendimento cai a partir de um quarto a meia dependendo da distância da ligação.
Deve notar-se que ambos os lados da ligação devem ter o mesmo modo de funcionamento para um melhor desempenho.
O segundo passo é ter uma idéia clara de quanta largura de banda consumida por cada câmera IP, os quadros por segundo (FPS) e a qualidade de vídeo, fator essencial especialmente quando é necessária para atingir vídeos com boa qualidade.
Antes da implementação do sistema é necessário ter uma análise cartográfica da área em que você deseja instalar (via Google Maps).
No momento da montagem da links ponto a ponto, ou ponto a multiponto, você precisa ter uma linha completamente clara de visão entre os dispositivos e verificar a possibilidade de montar o equipamento a uma altura considerável.
A posição do equipamento instalado deve deixar liberados 3 metros para cima e 3 para baixo.

Fonte: Air Live

 

 

 

 

Categories: CFTV, Destaque

Deixe um Comentário

Comentários Recentes

  • Carlos: Post show de bola. Utilizo esse pr